quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Artista da semana: Claude Monet

Impressões: Amanhecer, 1872. Museu Marmottan, Paris.

Claude Monet nasceu em Paris, em 1840. Foi um grande pintor e uma das figuras mais importantes de um movimento artístico conhecido como "Impressionismo". Muitos dos quadros de Monet, retratam a água. Barcos, oceanos, lagoas e lagos eram alguns de seus temas favoritos. Claude Monet amava o reflexo das cores na água e a maneira especial com que ela transfigura as nuvens no céu. Monet conseguiu até mesmo transformar um barco em um estúdio flutuante. Nele guardava tintas , pincéis, telas e materiais de desenho. Navegando pelo rio, ele parava para pintar onde quisesse. Quando Monet era garoto, sua família mudou-se de Paris para a cidade Le Havre, junto ao mar. Em Le Havre, navios de todas as partes do mundo paravam para abastecer-se de suprimentos para suas longas viagens. Dono de um armazém, o pai de Monet vendia acredite se quiser provisões para marinheiros e "companhias" de navegação. É, Claude deve ter conhecido pessoas interessantes enquanto crescia.

Léon Marchon, Advogado, 1855
(Instituto de Arte de Chicago)

Monet tinha um grande senso de humor, mas não ia muito bem na escola. Não prestava atenção as aulas e passava a maior parte do tempo desenhando caricaturas. Claude tornou-se um ótimo caricaturista. Já adolescente era pago por algumas pessoas que também tinham senso de humor para que fizesse caricatura delas. Ele gostava de ganhar dinheiro com seus desenhos, então, continuou desenhando... Até que um conhecido artista da cidade o convenceu a tentar a pintura. Este conhecido era Eugène Boudin, e tinha idéias novas e extremamente interessantes sobre pintura! Monet gostou muito delas.


Boudin achava que os artistas deveriam pintar ao ar livre, não dentro de seus estúdios entulhados e eu concordo totalmente, como a maioria deles fazia na época de Monet. Claude Monet adorou a idéia de pintar ao ar livre. Em 1862, deixou Le Havre para estudar arte em Paris. Lá, conheceu outros artistas e fez amigos como Pierre-Auguste Renoir, Alfred Sisley e Frédéric Bazille. E mostrou-lhes o quanto era incrível pintar ao ar livre. Monet seus amigos, frequentemente pintavam juntos no campo. Hoje, com a invenção da tinta a óleo em tubos ficou mais fácil para os artistas carregarem seu material e pintar ao ar livre, mas antes disso, os artistas tinham de preparar suas próprias tintas em pequenos potes, misturando pó colorido e óleo. Era trabalhoso e fazia muita sujeira. Pintar ao ar livre, no entanto, lhes trazia alguns problemas: às vezes, areia e outras coisas grudavam na tinta úmida. Para pintar quadros com figuras femininas, Monet geralmente usava sua modelo preferida, Camille. Monet e Camille se apaixonaram e logo estavam casados. Ele freqüentemente usava Camille e seus filhos como modelos. O Grande Salão de Paris não deu muita importância a Monet e seus amigos. Eles então decidiram organizar sua própria exposição. Queriam que as pessoas sentissem o colorido das pinturas feitas ao ar livre. Mas a mostra não deu muito certo. Em Paris, nesta época, os apreciadores de arte gostavam de pinturas que contassem a história de uma importante batalha ou de um evento histórico. Estavam acostumados a pinturas claras e bem-delineadas, assim como o contraste claro/escuro.  Mas Monet e seus amigos estavam mais interessados em captar a beleza das coisas quando a luz do sol incidia sobre elas. Um jornalista chamou estes artistas de "impressionistas". Ele tirou este nome da pintura "Impressões: amanhecer" (acima). Se você olhar de perto algumas pinturas de Monet dificilmente conseguirá dizer o que elas representam, parecem uma porção de borrões de pinceladas coloridas. Mas, quando você observa de longe, tudo começa a fazer sentido. Os excitantes golpes de pincel e de cores, nas pinturas de Monet, nos dão a sensação de estarmos presentes ali no momento em que ele pintou. Monet gostava de estar o mais próximo possível das coisas que pintava, não importando em quais condições. Algumas vezes era necessário amarrar o cavalete para que as ondas não levassem o quadro! *O* Monet sempre pintava diversos quadros sobre o mesmo motivo. Ele queria ver como a luz do sol mudava a aparência das coisas nas diferentes horas do dia ou nas diferentes estações do ano. Quando Monet ficou mais velho, as pessoas finalmente começaram a apreciar suas pinturas, ele foi morar em Giverny. Ali, Monet construiu um lindo jardim aquático. Claude Monet viveu até os 86 anos e passou os últimos dez anos pintando cenas de seu jardim aquático. Essas pinturas estão entre as mais belas e famosas que já fez. 

3 comentários:

  1. Muito interessante a história de monet.
    Obrigado karla por mais uma vez aumentar o meu manancial de conhecimentos. Saio daqui com algo a mais =)

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada pelo carinho queridos! Sempre estarei postando a biografia completa de algum artista de uma forma mais "descomplicada", rs. Contem comigo! :)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...